O Homem mais incrível que eu jamais conheci limão.txt

O homem mais incrível que eu jamais conheci

Dizem que ele se parece comigo. Aliás, eu me pareço com ele.

Tenho os lábios grandes e risonhos como o dele. Os dentes grandes e brancos, o olhar distante e sonhador. Um mundo de possibilidades acompanhadas de uma infinidade de capacidades.

Uma paixão excepcional pela música e um dom inexplicável de tocar qualquer instrumento musical que apetecer e cantar se assim quiser.

Ele foi bombeiro, ele foi policial e depois foi algo que nem se quer sei classificar. Muitos dons, pouco aproveitados.

Dizem as más línguas, e as boas também, que você conquistava quem quisesse. Era dono de uma simpatia e de uma alegria de dar inveja. E era até bonito, não que isso fosse importante, mas era a cereja do bolo pra terminar a receita de como ser o homem mais incrível.

Eu tive sorte de ter você na minha vida, ou achar que tive.

Mas das últimas lembranças que permanecem vivas, só reconheço um homem triste, distante dos meus sonhos e planos, e mais distante ainda das minhas capacidades tão parecidas com a dele. Ausente de suas habilidades e mal aproveitado pela vida.

Muitos dirão que eram problemas financeiros, mentira, dinheiro nunca foi problema pra ele, não naquela época.

Eu aprendi a brilhar sem seu brilho, a sorrir sem o seu sorriso, mesmo que eles sejam seus. Eu aprendi a persegui meus sonhos, sem seu apoio e incentivo.

Aliás aprendi a ser alegre mesmo que me falte a dose final de alegria que eu sei que era sua.

O homem mais incrível que conheci era meu pai. Pena que nunca o conheci. Pessoalmente eu o vi, quem ele era ou é? Nem ele sabe.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s