Mor

Eu sempre tenho mil palavras pra falar de amor, de paixão, de tesão, de sexo, aspirações e emoções. Não tenho pudor, medo, preocupação ou penso em quem vai ler. Sinceramente? Não penso em quem vai ler. Penso no que quero dizer e digo. Mas quando falo de você, eu me desminto, me contradigo, me domino. Eu penso em você. Eu vivia pedindo ao vento, ao … Continuar lendo Mor